Como ser voluntário?

Os voluntários são a alma da associação, sem eles não podemos prosseguir o nosso trabalho!

São diversas as formas de ajudar e nem sempre é necessário muito tempo para fazer esta boa ação. O voluntariado animal envolve diversas atividades e pode escolher a melhor forma que considera viável para fazer parte desta equipa de voluntários que adoram animais.

  • Trabalho voluntário: Limpeza diária do abrigo, alimentação, água e MUITO mimo;

  • Doações diversas: Quando o amor pelos animais é grande, mas a falta de tempo não deixa espaço para os ajudar, uma forma interessante de fazer parte do voluntariado animal é doar o que puder, de acordo com suas condições financeiras. Entre as opções estão medicamentos diversos, rações, casotas, mantas, camas, comedouros, materiais de limpeza e higienização e também quantias em dinheiro que serão revertidas para as necessidades mais urgentes;

  • Ração ;

  • Materiais de construção: Melhoramento dos abrigos já criados e criação de novos espaços;

  • FAT (Família de Acolhimento Temporária): Muitas vezes precisamos de alguém que possa recolher um animal por um tempo limitado, como no caso de pós-cirurgias e outras situações. Mesmo que seja por pouco tempo, a ajuda de uma FAT é muito importante para nós;

  • Sócio ;

  • Apadrinhamento: Apadrinhar um animal é dar-lhe a assistência necessária, tanto em questões de medicamentos ou alimentos como na parte afetiva. Poderá visitá-lo sempre que quiser e garantir que ele esteja bem. Esta prática é muito comum em famílias que não possuem espaço suficiente em casa para ter um animal. Desta forma, podem ter um à distância, dando o mesmo amor, atenção e carinho que dariam se ele estivesse em casa. O processo funciona de maneira simples:

    1. Basta escolher um afilhado dentre os animais que ainda não possuem padrinhos e informar-se sobre as necessidades do mesmo;

    2. Após escolher o animal e se informar das necessidades do seu afilhado, dará uma contribuição mensal para suprir as despesas do mesmo no abrigo e poderá visitá-lo quando quiser também;

  • Campanhas e Divulgação: Faça campanhas em blogs, nas redes sociais, mostre aos seus conhecidos e esteja sempre divulgando como é bom ajudar os animais. Vai fazer um bem enorme e conseguirá novas pessoas para esta equipa de voluntariado animal;

  • Web: Se gosta da web, ajude-nos a fazer esta gestão. São diversas as formas de ajudar nesta parte do voluntariado animal, pode ser com fotos, textos, alguém para cuidar dos e-mails, etc.

Os nossos patudos esperam ansiosamente por novos voluntários!